HEPATITE D

A hepatite D, também chamada de Delta, é causada pelo vírus D (VHD). No entanto, esse vírus depende da presença do vírus do tipo B para infectar uma pessoa. E sua transmissão, assim como a do vírus B, ocorre:

  • Através de relações sexuais sem camisinha com uma pessoa infectada;
  • Da mãe infectada para o filho durante a gestação, o parto ou a amamentação;
  • Compartilhamento de material para uso de drogas (seringas, agulhas, cachimbos, entre outros);
  • Compartilhamento de materiais de higiene pessoal (lâminas de barbear e depilar, escovas de dente, alicates de unha ou outros objetos que furam ou cortam) ou de confecção de tatuagem e colocação de piercings;
  • Por transfusão de sangue infectado.

Sintomas

A maioria dos casos de hepatite D não apresenta sintomas. Quando ocorrem sintomas, os mais frequentes são: cansaço, tontura, enjoo e/ou vômitos, febre, dor abdominal, pele e olhos amarelados, urina escura e fezes claras.

Diagnóstico

O diagnóstico pode ser feito através de sorologias específicas.

Tratamento

Após o resultado positivo o médico indicará o tratamento adequado. O tratamento para hepatite D está disponível gratuitamente no SUS, seguindo protocolos do Ministério da Saúde.

Prevenção

Como a hepatite D depende da presença do vírus B para se reproduzir, as formas de evitá-la são as mesmas do tipo B da doença. As principais medidas de proteção são: vacinação contra a hepatite B, uso da camisinha em todas as relações sexuais, não compartilhar objetos de uso pessoal, como lâminas de barbear e depilar, escovas de dente, material de manicure e pedicure, instrumentos para uso de drogas, confecção de tatuagem e colocação de piercings.

hepatite d 

© 2022 Your Company. All Rights Reserved. Designed By JoomShaper