Cobertura vacinal contra o HPV em Santa Catarina é maior nas meninas do que nos meninos, mostra painel lançado pelo Ministério da Saúde

O Ministério da Saúde (MS) lançou na última quarta, 5, um painel para consulta de dados da vacinação contra o Papilomavírus Humano (HPV) em todo o país. Em Santa Catarina, no ano de 2022, os dados mostram que a cobertura vacinal em meninos e meninas com idade entre 9 a 14 anos, público-alvo para a vacinação, ainda está abaixo da meta desejada que é de 80%. Nas meninas, a cobertura está em 79,76% com a 1ª dose e em 63,59% com a 2ª dose. Nos meninos, os números são menores, cobertura de 63,63% com a 1ª dose e 45,97% com a 2ª dose.

Os dados serão atualizados semanalmente e podem ser consultados neste link:
https://app.powerbi.com/view?r=eyJrIjoiMmQ0OGIzMzQtMWJiOC00ZWNjLWE3NDgtOGJlODA3YmEwZTQ5IiwidCI6IjlhNTU0YWQzLWI1MmItNDg2Mi1hMzZmLTg0ZDg5MWU1YzcwNSJ9&pageName=ReportSection887019241e202c402ba4

No painel também é possível consultar a cobertura de anos anteriores, cobertura vacinal separada por faixa etária, por município catarinense, além de ser possível fazer um comparativo com os demais estados brasileiros.

Importância da vacinação contra o HPV

A vacina contra o HPV começou a ser oferecida pelo Sistema Único de Saúde (SUS) no ano de 2014, de forma escalonada. Atualmente, ela é indicada para meninos e meninas com idade entre 09 e 14 anos, no esquema de duas doses, com intervalo de seis meses entre a primeira e a segunda dose. A ampliação da oferta da vacina para meninos aconteceu recentemente, no mês de setembro de 2022. Antes, a vacina estava indicada para meninas de 9 a 14 anos e meninos de 11 a 14 anos.

Outro público que também pode receber a vacina gratuitamente, pelo SUS, são pessoas que fazem parte de grupos com condições clínicas especiais com idade entre 9 a 45 anos (vivendo com HIV/AIDS, transplantados de órgãos sólidos ou medula óssea e pacientes oncológicos). Para elas, o esquema é de três doses (0, 2, 6 meses), independentemente da idade.

 

A vacinação contra o HPV é a medida mais eficaz para prevenir a infecção, ela atua contra os tipos de HPV mais frequentes (6, 11, 16 e 18) que são responsáveis pelo câncer de colo de útero, vagina, vulva, ânus e pênis e pelo aparecimento de verrugas genitais.

O Papilomavírus Humano (HPV)

O Papilomavírus Humano (HPV) é um vírus comum, de fácil disseminação, que se instala na pele e mucosas de homens e mulheres. De acordo com o Ministério da Saúde, o HPV é a mais frequente Infecção Sexualmente Transmissível (IST) tanto na mulher quanto no homem. Sendo que, a maioria das pessoas serão provavelmente infectadas por pelo menos um dos diversos tipos de HPV ao longo da vida.

Existem mais de 200 tipos de HPV, sendo 13 oncogênicos. Quatro tipos, preveníveis pela vacinação, são mais frequentes (6, 11, 16 e 18) e causam a grande maioria das doenças relacionadas à infecção, que podem ser verrugas ou até mesmo câncer. Os HPV dos tipos 16 e 18 são responsáveis por 70% dos casos de câncer do colo do útero; os tipos 6 e 11 por 90% das verrugas anogenitais.

Para prevenir o HPV, além da vacinação, também é importante fazer o uso do preservativo nas relações sexuais. Para a prevenção do câncer do colo do útero é imprescindível que mulheres que já iniciaram a vida sexual realizem periodicamente o exame ginecológico preventivo (papanicolau). O exame pode identificar lesões precursoras do câncer do colo do útero, que podem ser tratadas antes de evoluírem. Quando essas alterações que antecedem o câncer são identificadas e tratadas, é possível prevenir 100% dos casos.

(informações entre julho e outro de 2022)

Informações adicionais para a imprensa:
Amanda Mariano / Bruna Matos / Patrícia Pozzo
NUCOM - Diretoria de Vigilância Epidemiológica (Dive)
Secretaria de Estado da Saúde
Fone: (48) 3664-7406 | 3664-7402
E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
www.dive.sc.gov.br
Instagram: @divesantacatarina
Facebook: /divesantacatarina 

© 2022 Your Company. All Rights Reserved. Designed By JoomShaper