Divisão de Prevenção e Promoção

 Prevenção

 

A prevenção da transmissão do HIV, das DST ( Doenças Sexualmente Transmissíveis) e das Hepatites Virais reúnem diferentes ações e estratégias que visam a valorização da vida e a promoção da saúde.


Prevenir significa preparar, evitar danos e prejuízos e para tanto, é necessário trabalhar a promoção da saúde. 

Promover significa impulsionar, originar, gerar e principalmente transformar as condições de vida da população em um novo modo de fazer saúde.


A compreensão da importância da Prevenção e da Promoção representa um pilar constitutivo das ações e resultados no âmbito das DST/Aids e Hepatites virais, na medida que é consolidado através de novas práticas, novos olhares em um processo de construção e enfrentamento coletivo visando a redução dos índices dessas e de outras patologias e suas diversas consequências biopsicossociais.

 

 Ações de Competência da Divisão de Prevenção

  1. Planejar, organizar, acompanhar e implementar as ações no âmbito da Prevenção e Promoção às DST/HIV/AIDS e Hepatites virais.
  2. Elaborar, analisar, avaliar, assessorar e monitorar projetos destinados à promoção, prevenção e proteção as DST/HIV/Aids/HV.
  3. Planejar, organizar e implementar ações através de palestras, seminários, materiais educativos, campanhas pontuais para prevenção e erradicação da transmissão vertical da Sífilis Congênita, Hepatite B e criança exposta.
  4. Elaborar, avaliar e distribuir materiais educativos.
  5. Dispensar insumos ( preservativos, gel..).
  6. Consolidar e manter atualizado o sistema de insumos de prevenção.
  7. Programar, elaborar e acompanhar as campanhas pontuais e eventuais.
  8. Articular- se com as ONGs, Casas de Apoio, Instituições de acolhimento, comunidades terapêuticas ou outras Organizações da Sociedade Civil que desenvolvam projetos e realizam ações no âmbito das DST/HIV/AIDS/HV.
  9. Elaborar e acompanhar a execução dos projetos desenvolvidos por ONGs.
  10. Realizar periodicamente Supervisões Técnicas nas ONGs e Casas de Apoio, com a participação do município e Gerência de Saúde, através de visitas, reuniões, articulação entre os vários serviços e setores.
  11. Emissão de relatórios e pareceres referentes ao que foi identificado e trabalhado nas Supervisões Técnicas realizadas nas ONGs.
  12. Elaborar e acompanhar a realização de editais para seleção de projetos de Prevenção às DST/HIV/Aids/HV, para as Organizações da Sociedade Civil.
  13. Assessorar tecnicamente as Gerências de Saúde e os municípios nos assuntos relacionados à área de prevenção e promoção.
  14. Instrumentalizar os municípios e ONGs nas ações de Prevenção e Redução de Danos em parceria com a Coordenação de Saúde Mental do Estado e Municípios.
  15. Acompanhar, articular e elaborar propostas de parceria com a Rede Pública de Ensino e Gerência de Atenção Básica, a inserção da temática de prevenção das DST/HIV/AIDS/HV, Prevenção do uso/abuso de drogas juntos aos alunos da rede.
  16. Articulação com movimentos ativistas e população LGBT.
  17. Realizar seminários e capacitações de ações de Prevenção e Promoção.
  18. Instrumentalizar os municípios e Gerências Regionais de Saúde quanto às ações de Prevenção e Promoção específicas de vigilância epidemiológica.
  19. Articulação com outros setores que possam atuar no âmbito da Prevenção e Promoção da saúde como a Assistência Social, Educação, Justiça e Cidadania, Empresas, Segurança Pública e outros, visando implementar a Política de Prevenção e Promoção.
  20. Participação em comitês, grupos, conselhos e outras instâncias que atuam no âmbito das DST/HIV/AIDS/e Hepatites Virais e a suas correlações.

 

 Ações integradas da Divisão de Prevenção e Promoção da GEDST e Gerência de Atenção Básica a Saúde (GEABS) - SES/SC

  1. Aperfeiçoamento e qualificação das ações de Prevenção e controle das DST/AIDS/HV, junto à Atenção Básica, facilitando o acesso a população às ações de prevenção e Assistência as DST/Aids/HV;
  2. Identificar as populações mais vulneráveis;
  3. Captação precoce dos casos de HIV e HV;
  4. Diminuição da transmissão vertical do HIV e eliminação da Sífilis Congênita;
  5. Facilitar o processo de orientação adequada e eficaz junto a comunidade sobre a prevenção e o uso de preservativos nas Unidades Básicas de Saúde;
  6. Promover ações visando implementar a Política de Prevenção ao uso/abuso de álcool, crack e outras drogas, articulando com outros setores, como Educação, Assistência Social, Justiça e Cidadania, que possam atuar no âmbito da Prevenção;
  7. Promover as ações de Redução de Danos junto aos municípios;
  8. Articular e elaborar propostas de parceria com outros setores;
  9. Articulação para a realização de Encontros, Seminários, Capacitações e criação de comitês de Prevenção e Promoção.
  10. Ampliação do acesso ao diagnóstico precoce através dos testes rápidos de HIV, Sífilis e Hepatite B e C.
  11. Discutir e implantar a PEP sexual ( Profilaxia Pós- Exposição) junto aos municípios.

 Telefone(48) 3664-7432

 E-mailO endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

 Relação de ONGs/AIDS de 2015

Topo