Nota Informativa sobre os sorotipos da dengue identificados em SC

Visualizar em PDF

A Diretoria de Vigilância Epidemiológica de Santa Catarina (Dive/SC) informa que existem quatro sorotipos do vírus da dengue. Os sorotipos são DENV1, DENV2, DENV3 e DENV4. Com isso, uma pessoa pode contrair a doença até quatro vezes ao longo da sua vida, já que a infecção gera imunidade somente contra aquele sorotipo já adquirido.

Os quatro sorotipos já circularam no Brasil, sendo que em Santa Catarina até o momento só havia sido identificado o sorotipo DENV1. Em 2018, além deste, o Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen/SC) identificou o sorotipo DENV2, que também circula em outros estados do país.

Importante ressaltar que os sintomas da doença são os mesmos, independente do sorotipo, sendo: febre, dores de cabeça, dor no corpo, dor atrás dos olhos, manchas pelo corpo, entre outros. A pessoa que já contraiu a doença uma vez apresenta um risco maior de evoluir para a gravidade em uma segunda infecção, tendo em vista que o sistema imune já está sensibilizado.

A Dive/SC destaca que a melhor medida para evitar a transmissão de dengue é eliminar os possíveis criadouros com água parada, onde o mosquito Aedes aegypti possa se reproduzir. A orientação é que na presença de qualquer sintoma o paciente procure a unidade de saúde mais próxima de sua residência.


Topo