Vigilância Epidemiológica esclarece sobre a falta de vacinas BCG e pentavalente no Estado

O Ministério da Saúde, por meio da Nota Informativa N° 134-SEI/2017-CGPNI/DEVIT/SVS/MS informou a todas as Secretarias de Saúde que as vacinas BCG e pentavalente não foram distribuídas aos estados na rotina do mês de janeiro por indisponibilidade de estoque a nível nacional. Conforme informações da equipe do Programa Nacional de Imunizações do Ministério da Saúde (PNI/MS) ainda não há previsão para regularização no envio dessas vacinas.

Por conta desta situação, a Diretoria de Vigilância Epidemiológica  de Santa Catarina (DIVE/SC) informa a todos que não possui doses das vacinas BCG e Pentavalente armazenadas na Central Estadual de Rede de Frio para serem distribuídas aos municípios na rotina do mês de fevereiro. 

O Secretário de Estado da Saúde, Acélio Casagrande encaminhou ofício ao Ministro da Saúde (MS) solicitando providências para a pronta regularização desta situação, uma vez que cabe ao MS o abastecimento de vacinas que fazem parte do Calendário Nacional. 

Desta forma, orientamos que as equipes municipais de atenção primária e de imunização que mantenham um cadastro de crianças que devem receber doses de BCG e PENTA para posteriormente serem resgatadas, de forma a atualizar a carteira de vacinação. No estado são aplicadas em média 6.500 doses de BCG e 20.000 doses da pentavalente por mês, em crianças de até 6 meses de idade.

Assim que esta situação for regularizada, a DIVE/SC irá providenciar o imediato envio de doses para as Gerências Regionais de Saúde abastecerem os municípios de Santa Catarina.


Topo