Em Santa Catarina, 37 mil crianças precisam tomar a segunda dose da vacina contra a gripe

A Diretoria de Vigilância Epidemiológica da Secretaria de Estado da Saúde de Santa Catarina (Dive/SES/SC) informa que 37.155 crianças devem ser levadas aos postos de saúde para receber a segunda dose da vacina contra a influenza no estado. Esse montante equivale a 51,71% das 76.944 crianças que receberam a vacina pela primeira vez este ano. “Todas as crianças que recebem a vacina pela primeira vez na vida devem tomar duas doses, com intervalo mínimo de 30 dias, para completar a imunização contra a doença”, reforça Eduardo Macário, diretor da Dive/SC. Para aquelas crianças que já haviam sido vacinadas contra influenza em anos anteriores, basta uma dose.

Apesar da 19ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza ter sido excepcionalmente estendida a toda a população este ano, os municípios foram orientados a reservar estoque para essa segunda dose das crianças. De acordo com o levantamento feito pela Dive/SC, 40.700 doses de vacina contra a influenza ainda estão disponíveis nos postos de saúde do estado. “Os pais e responsáveis devem se informar junto à secretaria de saúde do seu município quais salas de vacina possuem doses em estoque”, enfatiza Eduardo.

 

 

 

Grupo prioritário

As crianças menores de cinco anos de idade integram os grupos prioritários da Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza por serem uma população vulnerável para as complicações da influenza. Os demais grupos prioritários são idosos, gestantes, puérperas (mulheres até 45 dias após o parto), indígenas, professores e trabalhadores de saúde. Até o dia 25 de julho, 1.219.616 pessoas dos grupos prioritários haviam sido vacinadas contra a gripe, de acordo com o balanço divulgado pela Dive/SC. Além dessas, foram aplicadas outras 482.119 doses em pessoas com comorbidades ou condições clínicas especiais, 15.064 na população privada de liberdade e 3.923 em funcionários do sistema prisional.

Como este ano a campanha de vacinação foi excepcionalmente estendida a toda a população enquanto durassem os estoques de doses nos postos de saúde, 338.054 pessoas de outros grupos também foram vacinadas contra a gripe em Santa Catarina até o momento. Vale salientar que esse balanço considera as doses aplicadas pela rede pública de saúde e pelas clínicas da rede privada credenciadas pela Dive/SC.


Topo