Dive/SC e Telessaúde promovem webpalestra sobre a epidemia da sífilis em Santa Catarina

No próximo dia 16 de junho, às 15h, será realizada a webpalestra “A epidemia da sífilis em Santa Catarina: o que você tem a ver com isso?”. A palestra será ministrada pelo médico infectologista Filipe de Barros Perini, assessor técnico da Gerência de DST/AIDS/HIV e hepatites virais da Diretoria de Vigilância Epidemiológica de Santa Catarina (Dive/SC). O público-alvo são os profissionais de saúde da Atenção Básica e, para acessar, é preciso estar cadastrado no Telessaúde.

O número de casos de sífilis em adultos tem aumentado de maneira exponencial em todo o país e o estado de Santa Catarina não está fora dessa realidade nacional, apresentando um aumento de 60% dos casos nos últimos cinco anos. “Trata-se de uma epidemia ‘silenciosa’ de sífilis”, avalia Filipe. Consequentemente tem havido um aumento do número de casos de sífilis em gestantes e de sífilis congênita, que é a consequência mais trágica dessa situação. As explicações são diversas, que vão desde a melhora na notificação dos casos, restrição no abastecimento da Penicilina Benzatina, restrição ao cuidado pré-natal, indisponibilidade de diagnóstico, dificuldades técnicas de interpretação dos resultados, receio injustificável da aplicação da penicilina na Atenção Básica, entre outras. Para Filipe, “sendo a sífilis congênita um evento 100% evitável, desde que a gestante seja diagnosticada oportunamente e tratada adequadamente, é fundamental que toda a equipe esteja sensibilizada, familiarizada e preparada para atuar diante de um caso de sífilis”. Sem dúvida trata-se de uma das situações de grande importância entre as demandas em saúde da população adscrita, não devendo ser de forma alguma negligenciada.

A webpalestra será disponibilizada no site do Telessaúde (telessaude.sc.gov.br) e no Youtube do Telessaúde (youtube.com/telessaudesc).

 

Para solicitar o cadastro no Telessaúde, basta escrever para  O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.  com as seguintes informações:

 *Nome Completo (sem abreviações);

*CPF ou Passaporte;

*Profissão;

*Conselho Profissional (com estado - UF);

*Número do Registro no Conselho Profissional;

*E-mail pessoal;

*Telefone pessoal (DDD);

*Telefone Institucional (DDD);

*Nome da Equipe / Setor (consulte o responsável pela equipe);

*Nome da Unidade (consulte o responsável pela equipe);

*CNES da Unidade (consulte o responsável pela equipe);

*Município de trabalho;

*Pertence ao Programa Mais Médicos?

*Pertence ao PROVAB?

 

A pessoa receberá um nome de usuário e senha no seu e-mail e já poderá acessar os serviços.

 

Informações adicionais para a imprensa:

Letícia Wilson / Patrícia Pozzo
Núcleo de Comunicação
Diretoria de Vigilância Epidemiológica
Secretaria de Estado da Saúde
Fone: (48) 3664-7406 | 3664-7402
O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.


Topo