Nota sobre morte de macacos com febre amarela em SC

A Diretoria de Vigilância Epidemiológica (DIVE/SC) confirma a morte de mais 7 (sete) macacos por febre amarela em Santa Catarina. Abaixo, os detalhes das últimas confirmações:

- 3 bugios em Braço do Trombudo, com coletas das amostras realizadas em 08 e 15/12/2020;
- 1 bugio em Atalanta, com coleta das amostras realizada em 10/12/20;
- 1 bugio em São Lourenço do Oeste, com coleta das amostras realizada em 17/12/20;
- 2 bugios em São Bernadino, com coleta das amostras realizada em 22/12/20.

Com isso, até agora, 2020 contabiliza 134 mortes de macacos por conta da febre amarela.

Com relação à doença em humanos, em 2020, foram confirmados 17 casos em 2020. Desses, dois acabaram evoluindo para óbito (Camboriú e Indaial).

Assim, esse cenário demonstra a circulação do vírus da febre amarela em SC e reforça a necessidade de vacinação da população catarinense.

Assessoria de Comunicação
Amanda Mariano, Bruna Matos e Patrícia Pozzo
Diretoria de Vigilância Epidemiológica (Dive) / SES
Fone: (48) 3664-7406 | 3664-7402
Plantão: (48) 99156-7253
E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.
www.dive.sc.gov.br



Topo